Events Calendar

11/30/2014 to 1/6/2015 NATAL ILUMINADO  
12/6/2014 to 2/8/2015 PELA CIDADE  
12/20/2014 to 12/21/2014 RESSACA FRIENDS 2014  
12/26/2014 to 12/29/2014 FESTIVAL BRASILEIRO DE DHARMA  
12/31/2014 CORRIDA DA VIRADA DE BROTAS  
12/31/2014 CORRIDA INTERNACIONAL DE SÃO SILVESTRE  
12/31/2014 to 1/1/2015 REVEILLON NA PAULISTA  

Held in São Paulo

CONCERTS  
The best national and international concerts

The best national and international concerts

 
 
Great shows here

Great shows here

 
EXHIBITIONS  
Visit major exhibitions in the capital

Visit major exhibitions in the capital

 
PLAYS  
Check out several pieces on display in city

Check out several pieces on display in city

 
FREE  
Free on Sao Paulo

Free on Sao Paulo

 
MUSEUMS  
See the schedule

See the schedule

 

Send a postcard

  • (APAE) Ponte Estaiada
  • (APAE) MASP
  • MASP (APAE)
  • Ponte Estaiada (APAE)
  • Estação da Luz (APAE)
  • Monumento às Bandeiras (APAE)
  • Pateo do Collegio (APAE)
  • Edifício Copan (APAE)
  • Berrini
  • Ibirapuera park - Obelisco
  • Paulista Avenue
  • Iguatemi Mall
  • Downtown
  • Octavio Frias de Oliveira Bridge
  • Ipiranga Museum
  • MASP (Sao Paulo Art Museum)
  • Parque do Ibirapuera fountain
  • Pacaembu Stadium
  • Octavio Frias de Oliveira Bridge
  • Parque do Ibirapuera fountain
  • Municipal Market
  • Oca
  • Municipal Market
  • São Bento Monastery
  • Latin America Memorial
  • Carnival 2008
  • Monumento às Bandeiras
  Previous   Next    
close  

 

Ponte Octavio Frias de Oliveira Send    

Search Calendar

+ advanced search Search   

 Videos  Podcasts

7388755

Podcast with all the events happening weekly

Newsletter

Get the schedule of events and news of the city in your e-mail

Subscribe    

Visit São Paulo Blog

  • sao-paulo-do-alto-eduardo-vessoni

    sao-paulo-do-alto-eduardo-vessoni

    Foto: Eduardo Vessoni

    Vista lá de cima, São Paulo nem parece aquela metrópole gigante que costuma assustar visitantes e moradores com seus velhos problemas. Por isso, subir pode ser uma rara oportunidade de ver a maior cidade da América do Sul repousar sob seus pés como uma ingênua (e silenciosa) imagem congelada bem diante dos olhos.

    Terraços de observação em edifícios históricos do centro; áreas verdes que abraçam a paisagem acinzentada; bares e restaurantes cujo cardápio incluem vistas panorâmicas de pontos turísticos como o Parque do Ibirapuera e a avenida Paulista; e até impressionantes voos panorâmicos sobre pontos turísticos clássicos como o Mercadão e o Masp.

    Opções não faltam para quem quiser ver uma São Paulo bem longe do cenário do trânsito caótico e da violência banal de alguns setores. Por isso, o UOL Viagem selecionou passeios para ver a cidade do alto com opções para todos os bolsos e graus de adrenalina:

    • Edifício Altino Arantes (Torre do Banespa)
    O edifício Altino Arantes, erguido em 1947 com 35 andares, oferece uma das vistas panorâmicas mais impressionantes de toda a cidade. O local conta com uma torre a 161 metros de altura de onde o visitante pode ter uma visão de até 40 km de alcance que inclui pontos da cidade como a Serra do Mar e o Pico do Jaraguá. A construção, que nos anos 40 foi considerada a maior em concreto armado do mundo, foi inspirada no Empire State de Nova York

    Serviço: Rua João Brícola, 24 Te:. (11) 3249-7180 Entrada grátis. museubanespa@banespa.com.br

    • Edifício Martinelli
    O Martinelli foi o edifício mais alto de São Paulo até a construção do prédio vizinho que um dia abrigou a sede do antigo banco Banespa. Inaugurado em 1929 com 30 andares e 130 metros, o local conta com um mirante no 26º andar com vista exclusiva do centro da cidade. Sua fachada com tijolos avermelhados aparentes é um dos destaques desse projeto assinado pelo próprio idealizador Giuseppe Martinelli

    Serviço: Avenida São João, 11. As visitas devem ser agendadas pelo tel: (11) 3104-2477.Entrada grátis. www.prediomartinelli.com.br

    • Pico do Jaraguá
    O ponto mais alto de São Paulo não poderia ficar de fora desse roteiro. Situado a 1135 metros sobre o nível do mar, o Pico do Jaraguá se encontra no interior do Parque Estadual do Jaraguá, uma área de quase 5 milhões de m² que, em dias claros, conta com uma vista a 55 km de distância. O local conta com venda de artesanatos produzidos por índios da região e trilhas de acesso ao mirante do parque, como a do Pai Zé que tem quase 4 km entre ida e volta.

    Serviço: Rua Antônio Cardoso Nogueira, 539 (km 18 da Via Anhanguera). Tel: (11) 3943-5222. Entrada grátis. www.picodojaragua.com.br

    • Restaurante Arola Vintetres
    O catalão Sergi Arola assina os pratos e o exclusivo menu de petiscos conhecidos como ‘tapas gourmet’, mas o cliente parece mesmo ter olhos voltados para a vista que se descortina do alto do 23º andar do hotel Tivoli. As paredes envidraçadas permitem avistar ícones da região dos Jardins como as torres da avenida Paulista e do belo Parque Trianon. No cardápio, destaque para os típicos tira-gostos quentes espanhóis (‘tapas’, em espanhol) como a batata brava da Catalunha e o palmito grelhado.

    Serviço: Alameda Santos, 1437, 23° andar Tel: (11) 3146-5923. www.arolavintetres.com

    • Skye
    Localizado na cobertura de um dos hotéis mais badalados de São Paulo, esse resto-bar com DJ e piscina avermelhada ficou famoso pela vista que se tem do alto, como o Parque do Ibirapuera. O bar está aberto também para visitantes que não estejam hospedados, cujo acesso se dá por um elevador panorâmico.

    Serviço: Av. Brig. Luís Antônio, 4700 (Jardim Paulista). Tel: (11) 3055-4702.

    • Voo panorâmico de helicóptero
    Sem dúvida, esse é um dos passeios mais impressionantes (e emocionantes) para os que se aventuram a conhecer a cidade sob outra perspectiva. Os voos de helicóptero costumam sair do Campo de Marte, na região norte, e aos poucos aquela imensidão caótica paulistana vai se distanciando até parecer um ingênuo tabuleiro sob os pés. Os voos de final de tarde (em dias claros) e os que acontecem à noite são, especialmente, impactantes. O passeio de helicóptero, que inclui sobrevoo sobre pontos turísticos como a Catedral da Sé, Estação da Luz, o Estádio do Pacaembu e o Parque do Ibirapuera, tem duração de 30 minutos e pode ser combinado com hospedagem em um resort no interior ou jantar em um hotel de São Paulo.

    • Helimarte
    Os voos têm duração de 30 minutos e podem ser realizados em equipamentos com capacidade para até 5 pessoas. Tel: (11) 2221-3200. www.helimarte.com.br

    Fonte: Viagem UOL

     

    Você também pode gostar de:

    • Descubra passeios, mistérios e curiosidades de São Paulo
    • Passeios alternativos para desbravar a metrópole

     

    Siga as redes sociais do São Paulo é Tudo de Bom:

    Curta nossa página no Facebook!Siga-nos no Instagram!Siga-nos no Twitter!

    Diversão

    De voos de helicóptero a passeios gratuitos, opções para ver SP do alto
  • carnaval-de-rua-divulgacao

    carnaval-de-rua-divulgacao

    Bloco Pilantragi. Foto: Divulgação

    Faltando dois meses para a folia, mais de 100 blocos se inscreveram para o carnaval de rua em São Paulo em 2015.

    O cadastro , voluntário e gratuito, permite que os blocos sejam incluídos no programa de benefícios da Prefeitura. Com os dados em mãos, as Subprefeituras poderão auxiliar, em conjunto com a Secretaria Municipal de Cultura, na organização de cada bloco, realizando bloqueios no trânsito e oferecendo banheiros químicos. A ajuda com a infraestrutura é avaliada caso a caso, de acordo com a disponibilidade de infraestrutura da administração municipal.

    Tradição no passado, o carnaval de rua voltou a crescer na capital e foi regulamentado em fevereiro.

    Fonte: G1 e G1

    O ano de 2014 acumulou o maior público carnavalesco contabilizado pela Secretaria Municipal de Cultura: mais de 2 milhões foliões espalhados por praças, viadutos, ruas e vielas da capital embalados por mais de 200 blocos de rua. Para 2015, a expectativa é de crescimento.

    “A iniciativa de organizar o carnaval de rua da cidade foi uma demanda vinda dos próprios organizadores, por meio do Manifesto Carnavalista”, informa em nota a Secretaria da Cultura. No manifesto, cinco pontos são os pilares do discurso dos carnavalescos: “Direito à alegria”, “direito à folia”, “importância da valorização e afirmação de uma tradição cultural paulistana”, “ocupação do espaço público como exercício da cidadania” e “carnaval de rua e a economia criativa”

    “A Prefeitura e Secretaria de Cultura estão cada vez mais próximas para entender como podemos construir o carnaval de rua de São Paulo, mas por enquanto não há um investimento financeiro direto nos blocos”, conta um dos organizadores do recém nascido bloco ‘Tarado ni Você’, Rodrigo Guima. O bloco dos “tarados”, como chamam, teve suas primeiras edições neste ano em São Paulo e se destacou pelo número de foliões alcançados. “Tem uma vontade enorme surgindo nas pessoas de ocupar os espaços públicos com seus corpos, vozes e corações. O ‘Tarado ni Você’ nasceu junto com isso”, conta Guima.

    Rodrigo Fernandes Bento, idealizador de outro bloco um pouco mais maduro, o da festa Pilantragi, também sente o boom dos adeptos à folia de rua. “Em 2013 o bloco levou cerca de 1.700 foliões para a rua. Em 2014, esse número aumentou para quase 15 mil pessoas na primeira saída, em Perdizes, e 5 mil na segunda saída, no Bixiga”, detalha.

    Um dos blocos mais tradicionais do Rio de Janeiro, o Bangalafumenga, viu no cenário urbano de São Paulo a chance de disseminar a folia e também aumentar o número de seu fiel e sempre volumoso público. “Em 2013 tivemos um público estimado de 25 mil na Rua Fidalga, na Vila Madalena. Em 2014, fomos para a Av. Paulo VI, a Sumaré, e lá reunimos em torno de 80 mil pessoas”, informou por meio de assessoria de imprensa.

    E quando há muita procura, há de se aumentar a oferta. Júlia Mendonça é produtora da Festa Odara, conhecida há oito anos pelo repertório de música brasileira, e vê no carnaval de rua uma oportunidade de a festa aumentar a clientela do evento. “Os blocos são muito democráticos e qualquer um pode participar porque não há fins lucrativos, só a vontade de dividir com todos a alegria do carnaval que é contagiante e cheia de amor. Por isso pensamos muito em colocar a Odara nas ruas no ano que vem”, revela.

    O aumento do acesso à Prefeitura e a diminuição dos entraves burocráticos para colocar um DJ nas ruas fez crescer a vontade de criar o possível Bloco Odara. “A gente sempre teve vontade de montar um bloco, mas fazer tudo dentro da lei era trabalhoso. Para o ano que vem já estamos marcando reuniões e parece que vai dar certo”, conta.

    Fonte: O Estado de S. Paulo

     

    Você também pode gostar de:

    • Carnaval de rua de São Luiz do Paraitinga

     

    Siga as redes sociais do São Paulo é Tudo de Bom:

    Curta nossa página no Facebook!Siga-nos no Instagram!Siga-nos no Twitter!

    Diversão

    Mais de 100 blocos se inscreveram para o carnaval de rua em São Paulo
  • Darly-Goncalves-Sao-Luiz-do-Paraitinga-2

    Darly-Goncalves-Sao-Luiz-do-Paraitinga-2

    Foto: Darly Gonçalves

    São Luiz do Paraitinga é uma pequena cidade do interior do Estado de São Paulo e possui inúmeros atrativos culturais e ecológicos. Um de seus principáis atrativos é o Carnaval de Marchinhas que atrai todos os anos milhares de foliões para curtir o melhor carnaval de blocos do Estado em um cenário de ruas, ladeiras, praças e casarões com arquitetura do século XIX.

    Outros eventos também são muito procurados, entre eles estão a Festa do Divino e o Festival da Música Brasileira.

    Carnaval de Marchinhas
    Considerado o melhor carnaval de marchinhas do estado de São Paulo, o evento atrai milhares de foliões que lotam as ruas e ladeiras, dançando as marchinhas criadas pelos próprios moradores da cidade. Um dos blocos mais conhecidos é o Juca Teles que percorre as ruas da cidade no sábado de Carnaval.

    Outra atração do carnaval são os bonecões que desfilam durante as passagens dos blocos.

    Saiba mais sobre a cidade: www.saoluizdoparaitinga.sp.gov.br

    Fonte: www.saoluizdoparaitingasp.com.br

     

    Você também pode gostar de:

    • Carnaval 2015: Desfile das Escolas de Samba de São Paulo
    • Carnaval 2015: começa o “esquenta” com ensaios técnicos no Sambódromo do Anhembi
    • Ensaio das Escolas de Samba de São Paulo

     

    Siga as redes sociais do São Paulo é Tudo de Bom:

    Curta nossa página no Facebook!Siga-nos no Instagram!Siga-nos no Twitter!

    Cidades associadas

    Carnaval de rua de São Luiz do Paraitinga
  View all blog posts  

Facebook

Twitter